Skip to content

Instantly share code, notes, and snippets.

@juanplopes

juanplopes/pave.md

Last active Aug 29, 2015
Embed
What would you like to do?
Candidato, é pavê ou pra comê? (texto de @kramercarlos)

Texto criado pelo amigo Carlos Krämer (github . twitter . facebook) lá no Facebook, reproduzido aqui com a permissão dele.

Jornalista: Candidato, é pavê ou pra comê?

Dilma: Veja bem, nunca foi tanto pra comê quanto no meu governo. Há um ditado.... eu digo, editaram quando eu era o cachorro atrás de uma criança ... que diz que todo mundo que insere, ou melhor, ingere o que é pavê, tem uma satisfação imensa de... como dizem... dobrar a esquina. Mas nós precisamos continuar mudando, meu governo foi ótimo, eu fui eleita para dar prosseguimento ao governo Lula, Lula, LULA. Mas ninguém está mais insatisfeita com ele, digo, com o governo, não com o Lula, do que eu, mas os pessimistas é que estão tornando tudo ruim.

Marina: Eu não acho que é pavê nem pra comê. Nós precisamos aprender a reunir o que é bom em tudo, as melhores coisas, basta acreditar, que tudo pode ser, tudo que tiver que ser será.

Aécio: Nós precisamos de um novo ciclo de crescimento no Brasil, para que o povo possa ter garantias de que é pra comê. No meu governo em Minas Gerais, 157% das pessoas aprovaram o programa que levou pavê a todas as casas, um programa que foi copiado por todos os países do planeta Terra. E como vocês sabem, o pavê foi inventado no governo FHC, na época ele tinha outro nome, o governo Lula só rebatizou.

Pastor Everaldo: Como eu sempre disse desde ontem, tem que privativar o pavê, só é pra comê se a pessoa tiver mérito, a meritocracia é que vai decidir o que é pavê e o que é pra comê. Mas a escola pública é muito importante. E no meu governo eu vou ampliar a distribuição do pavê nas escolas públicas, porque o pavê é um fruto da família, é um antídoto contra as drogas e contra a violência. Deus abençoe a sua família.

Eduardo Jorge: Eu não sei do que vocês estão falando, eu não tenho nada com isso.

Levy Fidelix: Temos que nacionalizar o pavê. O pavê é um patrimonio nacional que não pode ser colocado à sanha do privatismo. Temos que ter pavê e pra comê nos aerotrens. Temos que botar mais dinheiro no pavê, aumentar a verba do pavê.

Luciana Genro: os banqueiros são os únicos pra quem é pra comê. Eu estou aqui para defender o pavê do povo contra os interesses do capital financeiro, tchê. O pavê é tri legal, mas não pode ficar restrito às elites, ao capital. Não podemos mais admitir a criminalização da juventude que quer pavê e pra comê. Você tem que escolher lado, tem que ter pavê pro trabalhador, pro jovem, pro LGBT. Tem que aumentar a quantidade de pavê para os movimentos sociais. Vamos socializar o pavê e mandar a conta para os banqueiros.

@saitodisse

This comment has been minimized.

Copy link

@saitodisse saitodisse commented Sep 3, 2014

muito bom

Sign up for free to join this conversation on GitHub. Already have an account? Sign in to comment